arquivo

Arquivo da tag: cores

Neste post irei apresentar algumas coisas interessantes e curiosas além de dicas, trocadilhos e vários cases sobre a cor VERDE.

Estas informações foram tiradas do site http://www.1stwebdesigner.com e você pode ler o original em inglês, por isso peço sua consideração caso tenha algumas traduções erradas.

Noções básicas

O verde é uma cor complementar que resulta da combinação de amarelo e azul, tendo em muitas das características deste último, mantendo suas características próprias e simbologia. Curiosamente, em muitas línguas, o nome próprio tem suas raízes nas palavras que descrevem o crescimento, o frescor da juventude, e grama, enquanto outros (pelo menos historicamente) não teria sequer um termo separado para ele, em vez incluindo-o nas palavras para azul e amarelo , respectivamente.

Características

O verde é uma cor tranquila e pacífica com propriedades calmantes. A palavra que melhor capta a sua essência é “equilíbrio”, nem muito quente nem muito frio, calmo, mas ainda vibrante, fácil, mas não muito fácil de perceber. Embora esteja presente em minerais (esmeraldas, por exemplo), que é principalmente uma cor orgânica.

Estudos sugerem que a cor melhora a capacidade de concentração e ajuda na compreensão da leitura. Na Dinamarca, durante os exames, as mesas são cobertas com toalhas verdes para ajudar os alunos a se concentrar e tentar aliviar um pouco do stress.

Embora não seja mais preciso, a “sala verde” termo vem do fato de que a sala de espera estava literalmente pintado de verde. Foi dito para relaxar os olhos dos artistas intérpretes ou executantes antes que eles teriam que enfrentar as luzes no palco.

Simbolismo

Naturalmente, ele representa tudo orgânico, especialmente do mundo vegetal. Agora ele se tornou o número um da cor para o ambiente e faz com que dedicado a preservar ou salvá-lo, mas se estendeu também para produtos ecológicos e serviços (a “energia verde” termo vem à mente).

Indo mais fundo no tema, é um símbolo da vida e da fertilidade. Isto pode vir a partir da fonte mais óbvia de verde (plantas) ou de água que pode, ocasionalmente, levar em tons esverdeados. Através da extensão, pode ser um símbolo de novos começos, assim como brotos minúsculos em solo escuro deixe-nos saber que a primavera está a caminho. Dizer que alguém é “verde” significa que eles são novos ou inexperientes.

Por outro lado, também pode representar exatamente o oposto: doença, morte e decadência. É provavelmente uma analogia com o facto de que qualquer coisa verde e visível sobre o corpo humano é tóxico, por conseguinte, um sinal de doença. Bolor verde é também um sinal de decadência.

Há também algumas associações figurativas, como a sorte ou inveja. Um trevo de quatro folhas tradicionalmente traz boa sorte e é provavelmente a origem da conexão.Os gregos antigos acreditavam que a inveja foi causado por excesso de bile, que normalmente dá a uma pessoa uma aparência verde-pálido.

Combinações

Como mencionado no artigo anterior, a sua complementar é o vermelho e, teoricamente, a proporção ideal é de 50-50. No entanto, o par deve ser utilizado em tons menos vibrantes e como acentos em vez de elementos principais, a fim de evitar uma sensação de Natal. Outra forma seria usar laranja em vez de vermelho.

Para um clima de terra, o marrom é a escolha óbvia. Versões mais escuras e menos saturado de tanto dar uma sensação mais sombria; manter o castanho escuro, mas o acoplamento com uma vibrante (mas RBG padrão não!) Verde permite que você coloque ênfase em elementos sem adicionar brilho demais.

Azul e um verde mais azulado para fazer uma boa combinação aguado, mas gosto de vermelho, uma hierarquia apropriada deve ser usada. Usando apenas os dois fará com que o visual duro nos olhos e você definitivamente não quer isso! Ambos funcionam muito bem com tons de cinza escuro e fornecer grande contraste e ênfase.

Abaixo algumas paletas com combinações interessantes:
E também alguns cases de cenários e cases de WEB:

 

Postado por: Marcelo CAMPOS

 

 

Anúncios

Perguntamos a Tim Heyer, o gerente de projetos de publicidade da Pantone.

 A Grande Questão

Perguntamos a Tim Heyer: “Qual a melhor forma de usar cores PANTONE?”

 

“O passo mais importante para aprender o uso das cores PANTONE é instalar as novas bibliotecas estendidas PANTONE Plus Color e estimular seus colegas, fornecedores e clientes a usálas. As bibliotecas podem ser baixadas gratuitamente do site da PANTONE e também são instaladas no software Color Manager, incluído com todos os novos produtos da PANTONE.

“Quando você incorpora cores PANTONE em seus documentos do Photoshop, é importante ter o resultado  nal em mente. Se estiver criando grá cos, vídeo ou animação para a web, use o modo RGB e selecione uma PANTONE Solid Color para obter a representação mais exata. Se o destino de seu trabalho for a impressão, escolha uma cor para seu documento CMYK do PANTONE COLOR BRIDGE, que oferecerá a representação mais precisa dentro da limitada gama de impressão em quatro cores.”

Tim Heyer é o gerente de projetos de publicidade da Pantone. Para saber mais, visitewww.pantone.com

Fonte: http://www.photoshopcreative.com.br/

A magia da fotografia monocromática, revelada

01 Sombras e altas-luzes

Em condições de muito contraste, aproveite ao máximo a diversidade de tons e produza uma imagem com elementos contrastantes subexpostos e superexpostos. Procure por sombras marcadas que tenham formas interessantes.

02 Bebês e crianças

Bebês e crianças ficam ótimos quando fotografados em meio monocromático, mas lembre-se de que seu tempo é limitado. Aproxime o zoom dos olhos para obter belos resultados.

03 Misturando fontes de luz

Na fotografia em preto e branco não há problema em misturar fontes de luz, já que não é preciso se preocupar com temperatura de cor e balanço de branco. Tungstênio, flash, luz do dia, fluorescente, LED – vale tudo!

04 Estrutura e simplicidade

A estrutura é fundamental em fotos monocromáticas. Ao manter a composição extremamente simples e clicar de baixo para cima, Nicolas Orillard fez com que esta atração de parque de diversões ganhasse ares de flor.

05 Obtenha uma exposição correta

A fotografia em preto e branco pode ser difícil de expor quando existem contrastes extremos. O autor desta esta foto a tirou com um filtro graduado de densidade neutra de três pontos, para equilibrar o primeiro plano com o céu brilhante.

 06 Céu carregado

Um céu nublado é ideal para paisagens urbanas, como demonstramos aqui. Quando a luz é difusa, fica mais fácil capturar os detalhes.

 

07 ISO alto e ruído

Aproveite a baixa luz e use o o ruído a seu favor. Esta foto foi feita com ISO 12800. Em cores, o resultado é granuloso demais. Em preto e branco, a imagem ganha vida.

08 Evite céus chapados

Em dias ensolarados, com o céu bem limpo, as imagens em preto e branco podem ficar muito chapadas, porque o azul do céu vira um bloco de cinza uniforme. Faça a foto em um dia nublado, pois os resultados ficarão bem mais atraentes e a imagem ganhará profundidade e textura.

09 Realce a textura

Na fotografia de paisagens, a textura é um elemento a considerar. Se estiver fotografando em um dia de nuvens carregadas, a textura aparecerá bem detalhada; num dia ensolarado, ela ficará mais abstrata.

10 Tom e contraste

Contraste e tom são a essência da fotografia em preto e branco. Ao editar, experimente reforçar o contraste para dar à imagem um efeito mais intenso, ou diminua-o para deixá-la mais suave. A escolha do que se deseja fazer e do que é apropriado dependerá do assunto da foto.

11 Foto colorida que parece monocromática

Fotos com poucos elementos coloridos ou saturados podem ficar muito boas. Esse efeito também pode ser obtido em retratos de pessoas, usando-se as roupas e a maquiagem corretas para isso.

12 Expanda o alcance dinâmico

David Brewerton explica como chegou a este efeito: “Usei a objetiva Sigma 10–20mm na sua maior abertura, aproximando-me bem do tronco. A imagem RAW foi processada para ampliar o alcance dinâmico, mostrando os detalhes na cavidade do tronco. Para aumentar o contraste, usei o Paint Shop Pro Photo X2.”

13 Use camadas de Channel Mixer

Fotografe em cores e converta para preto e branco. Ao converter a imagem em tons de cinza, use o Channel Mixer do Photoshop, pois ele dá um bom controle sobre a profundidade tonal da imagem. Para esta imagem, três exposições diferentes obtidas com tripé foram combinadas. Depois, a imagem foi convertida em monocromática com uma camada Channel Mixer.

14 Retrato com personalidade

Essa imagem foi tirada em Jaipur Amber Fort em Agra, ao lado do Rajastão, Índia. “O que me chamou a atenção foi a expressão dos olhos. O homem obviamente enfrentou muitas vicissitudes, mas havia uma centelha ali que me fez olhar para ele com mais atenção.” Para obter resultados como este, mantenha a abertura acima de f/8 para registrar todos os detalhes e use o foco manual para produzir uma imagem nítida.

15 Clima de intimidade

O fotógrafo capturou a sensação de vulnerabilidade da modelo usando uma profundidade de campo bem rasa e convertendo a imagem para preto e branco. O contato visual com os olhos é muito forte e atrai o espectador para a imagem. De maneira geral, a fotografia em preto e branco produz tons de pele bonitos, sendo ideal para retratos.

16 Claro e escuro

Há um elemento romântico na fotografia em preto e branco, já que faz com que o meio remonte aos princípios básicos do claro/escuro. Pense em seu tema de maneira tradicional para chegar a resultados que funcionem.

17 Sistema de Zonas

Estude e aplique o Sistema de Zonas de Ansel Adams. Embora o método tenha sido criado para a fotografia em filme, é importante aprender a visualizar na mente uma cena em preto e branco para encontrar a exposição e a composição corretas. Aprender com os grandes nomes é o primeiro passo para tornar-se um fotógrafo melhor.

18 Faça silhuetas

Criar máscaras em figuras ou objetos pode operar maravilhas. Neste exemplo, a desolação da árvore e o seu contorno escuro contrastam com o brilho das flores ricas em textura. Incorpore esse tipo de elemento nas suas fotos.

19 Adicione cores Devolver

parte das cores a elementos seletos das imagens em preto e branco pode ser um truque bacana, mas faça isso apenas se a imagem tiver algo a ganhar em narrativa, não somente pela graça do efeito.

20 Procure padrões

Padrões e texturas são elementos cruciais na fotografia em preto e branco. Experimente aproximar-se do assunto para criar uma imagem mais abstrata.

cor é uma percepção visual provocada pela ação de um feixe de fotons (partícula elementar mediadora da força eletromagnética) sobre células especializadas da retina, que transmitem através de informação pré-processada no nervo óptico, impressões para o sistema nervoso.

cor de um material é determinada pelas médias de frequência dos pacotes de onda que as suas moléculas constituintes refletem. Um objeto terá determinada cor se não absorver justamente os raios correspondentes à frequência daquela cor.


No site http://cores.gratuita.com.br/ é possível ver todos os nomes de todas as infinitas cores que existem.

No http://www.significadodascores.com.br/ você pode se situar no significado delas , depende pra que você vai usar , esse site te da uma boa ajuda quanto ao que usar ou ao que não usar , em fim um guia completo de explicações.

Cores = Luz

A luz é feita de diferentes cores que viajam para o olho humano em diferentes velocidades.

Quando a luz atravessa um prisma ela se divide em seus componentes, o arco-íris é um belo exemplo disto, as gotas da chuva funcionam como um prisma para a luz solar, formando as cores no céu:

luz solar (branca)

+

prisma =

cores

By: Káira Miella ( facebook=kaira.miella ) (BLOG:kairaamiella)