Google Glass: primeiras impressões dos novos óculos revolucionários

Enfim, conseguimos o Google Glass! Nesta terça-feira o TechTudo foi até o escritório do Google, em São Francisco, na Califórnia, para pegar o revolucionário gadget e contar a sensação de usar os óculos mais comentados do mundo.

O Google Glass tem poucas aplicações e ainda se parece muito com um protótipo. Por isso, ainda não faria sentido vender o Glass como produto, pois precisa de um bom tempo com os desenvolvedores para se tornar algo realmente útil.

ImagemAs funcionalidades mais interessantes são o Navigation, do Google Maps, para usar enquanto dirige, em caminhadas ou pedaladas; e o Google Hangout. Tirar fotos e gravar vídeos é bem fácil e rápido, e pode ser feito por voz ou apertando um pequeno botão em cima do aro.

O Glass não tem acesso 3G. Eles recomendam fazer uma conexão com o telefone, via Bluetooth, e usar o 3G ou 4G do aparelho. O acesso Wi-Fi também é uma opção, mas andando pela cidade não vai ajudar muito.

ImagemJá o display do Glass ainda pode melhorar bastante. Ao ar livre, em um dia de sol, não é muito nítido. Eles deram duas lentes: uma transparente e uma lente escura, que ajudam bastante no uso em áreas externas, sob o sol.

Outro ponto é que a lente faz parecer um pouco mais natural usar o Glass. É bem esquisito ficar com o Glass sem lente alguma. A sensação que temos é de estar indo pra uma festa à fantasia. Mesmo aqui em São Francisco, um dos pólos mundiais de tecnologia, várias pessoas ficam olhando, tentando entender o que é aquilo.

Quando o Glass é ativado, as opções do menu (que podem ser escolhidas por voz ou pelo “touchpad”) são:

 ok glass, google… (para buscar algo)
– take a picture (para tirar fotos)
– record a video (para gravar um vídeo)
– get directions to… (para descobrir uma rota)
– send a message to… (para mandar uma mensagem a alguém)
– make a call to… (para fazer uma ligação)
– hang out with… (para abrir um Hangout no Google+)

Achamos o touchpad do Glass legal, mas não é muito intuitivo. No entanto, os gestos são simples e a adaptação é rápida.

Já o esquema de som dos óculos é bem bolados, já que não faria sentido ter um fone atrapalhando o som ambiente. Há uma espécie de botão, que fica encostado atrás da orelha e conduz o som pelos ossos, mas que ainda precisa melhorar bastante. Só conseguimos ouvir claramente uma ligação quando forçamos um pouco o Glass contra a cabeça. Pode ser que dê pra ajustar melhor a posição dos óculos, mas não existe controle de volume.

Retirado de: http://www.techtudo.com.br/artigos/noticia/2013/05/techtudo-ja-esta-com-o-google-glass-review-em-breve.html

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: