Crise na indústrias dos efeitos visuais

O maior destaque da última edição do Oscar está a quilômetros do que se pode chamar de uma situação agradável: enquanto As aventuras de Pi se consagrou como o grande vencedor da noite com quatro prêmios, do lado de fora uma multidão de mais de 400 pessoas protestavam contra a falência da Rhythm & Hues, o estúdio de efeitos especiais responsável pelos fantásticos visuais do filme.

A situação se tornou ainda mais constrangedora quando foi anunciada a vitória do estúdio, na categoriaEfeitos Especiais. Depois de subir ao palco para receber a estatueta, Bill Westenhofer teve o som do seu microfone cortado, a forma encontrada pela Academia para impedir o supervisor de efeitos especiais dedenunciar em seu discurso a forma como Hollywood vem tratando os profissionais da área.

Nos últimos anos, é quase impossível encontrar uma grande produção norte-americana que não tenha cenas em CG. Com tanto trabalho, o mercado deveria estar passando por um ótimo momento, mas os relatos indicam exatamente o contrário: recebendo cada vez menos dinheiro das produtoras, os estúdios lidam com todo tipo de problema financeiro, enquanto seus funcionários vivem uma rotina de salários atrasados e defasados. Isso sem contar a questão das horas extras não-remuneradas: equipes inteiras passam seus finais de semanas trabalhando sem receber um centavo por isso, uma situação que pode se estender por meses.

Até o momento, As aventuras de Pi já arrecadou quase 600 milhões de dólares em todo o mundo. Se a produção deixasse de ser exibida hoje, ainda deveria entrar na conta final a venda de Blu-rays e DVDs, além da venda dos direitos do filme para exibições na TV.

Mesmo com todos os altos custos de produção e distribuição, ainda sobra muito dinheiro. E já passou da hora de Hollywood dividir os seus lucros com alguns dos responsáveis por tornar a magia do cinema real. Porque se não fosse o trabalho duro dos profissionais da Rhythm & Hues, o tigre de As aventuras de Pi não passaria de um bicho de pelúcia.

Imagem Postada
Texto de André Morelli

Além do texto, gostaria de divulgar um vídeo que fala um pouco sobre o assunto. Como é um NerdOffice, tem um pouco de humor, mas não foge do tema. Pra quem quiser ir direto ao ponto, põe o vídeo nos 3:10 minutos e vai até 18:20.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: