Conheça as técnicas para criar uma imagem realista

Um mundo perdido é redescoberto por meio de estilos fotográfiso hiper-realistas.

 

Publicado originalmente na edição número 38 da revista Photoshop Creative.

Sobre o artista

Andrew Brooks

@andrewpbrooks

     Andrew é um fotógrafo e artista digital britânico. Trabalha principalmente com fotografia artística, conciliando encomendas para galerias e clientes comerciais como a Filarmônica da BBC.

www.andrewbrooksphotography.com

A imagem Pre-History foi construída com elementos de 15 sessões de fotos diferentes, tendo a composição final mais de 350 imagens. O ponto inicial – um campo de plantas Gunnera em um jardim da Cornualha – despertou a imaginação de Brooks. “Essas plantas parecem muito antigas e têm o apelido de ‘comida de dinossauro’”, ele explica.

No início da sessão de fotos, Brooks escolheu o ponto em que desejava que o sol estivesse, agindo como a principal fonte de luz da imagem. Ele prossegue: “Essa foi a chave para capturar todos os elementos da cena. Tudo precisava ser iluminado da mesma maneira, incluindo os modelos de dinossauros que cliquei em meu estúdio”. Ele deu mais realismo a esses grandes animais fotografando lagartos em museus locais para extrair exemplos para os olhos, textura da pele e cores.

A força da imagem reside em um extenso trabalho de montagem. “A cada vez que eu copiava e colava um elemento novo na cena, imediatamente ajustava a opacidade para 70%, usando a ferramenta Free Transform para remodelar, rotacionar e redimensionar o elemento em seu lugar”, conta ele. Depois de posicionar, Brooks aplicava uma máscara de camada. “A máscara inteiramente preta me permitia usar um pincelzinho branco para editar e deixar a área necessária daquele elemento visível novamente.”

CONSTRUÇÃO DA PAISAGEM

Para criar a paisagem, reuni elementos de muitas sessões de fotos no espaço de trabalho, transformando-os e usando máscaras de camada para montar a cena. Selecionei a posição do sol de antemão, marcando-o como uma simples forma amarela.

TRANSFORME OS ELEMENTOS

Os dinossauros foram grosseiramente copiados e colados na cena, com a opacidade em 70%. Usei a ferramenta Free Transform para redimensionar, rotacionar e remodelar cada um deles. A opacidade era devolvida a 100% quando eles chegavam à posição final. Então, eu aplicava uma máscara de camada, aumentava o zoom e trabalhava nela com um pincel pequeno.

CORREÇÃO DE CORES

A última fase na introdução dos novos elementos foi usar uma combinação de Curves e Hue/Saturation para ajustar as cores e o brilho dos dinossauros, fazendo parecer que pertenciam à imagem principal.

 

 

Kleython Bianchi

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: