Estou preparado para abrir uma empresa de design?

Essa é uma pergunta que muitos profissionais fazem ao longo da carreira. Afinal, abrir a própria empresa é o sonho de muitos designers que trabalham em agências.

Porém, nem tudo é um mar de rosas. Muitos pensam que ser empresário é ter liberdade infinita e conseqüentemente trabalhar menos e a hora que desejar. Será?

Ao longo desse post analisaremos alguns pontos que devem ser levados em conta para quem deseja abrir sua própria empresa de design.

1) Ser empresário não significa trabalhar menos.
Pelo contrário. Muitas vezes os feriados e fins de semana são sacrificados para colocar o trabalho em dia. Acreditem, ter uma empresa significa trabalhar muito mais. Afinal, quando se é empregado, há um horário a cumprir (geralmente das 8h da manhã às 18h da tarde). Quando você é seu próprio chefe, muitas vezes esse horário será extrapolado. Prepare-se.

2) Nem sempre um empresário ganha mais do que um empregado.
Se a principal motivação para largar seu emprego e virar um empresário for o dinheiro, pense bem. Comece a se acostumar com os impostos que terá que recolher. Todos seus serviços deverão sair com nota fiscal, o que implicará um imposto sobre o valor dela. Apesar disso, há o valor pago mensalmente para o contador (é importante ter um de confiança), além de outros custos, como contribuições sindicais e o aluguel do espaço que talvez precisará para exercer seu trabalho.

3) Apesar de tudo, o empresário tem certa liberdade que o empregado não tem.
Ok, isso é verdade. O lado bom de não ter chefe é não precisar dar satisfações. Imagine poder parar de trabalhar às 15h e tomar um sorvete na praça da esquina ou ir tirar aquele cochilo, sem ninguém te ligando para saber onde está. Porém, engana-se quem pensa que poderá fazer isso sempre. Como ter uma empresa implica ter mais responsabilidade, o seu tempo livre será reduzido.

4) É preciso correr atrás de clientes.
Seja contratando um vendedor ou investindo em marketing, é preciso buscar novos clientes. Quando se é empregado, somos acostumados a receber os briefings em nossas mesas. Isso muda quando se tem uma empresa. Há uma luta diária para manter os atuais clientes e buscar novos. O pesadelo de qualquer empresário é se ver sem nada para fazer – não por opção, mas em conseqüência da falta de clientes.

5) É preciso ter espírito de liderança, ser organizado e saber gerenciar pessoas.
Caso sua empresa cresça, será preciso contratar novos profissionais e, conseqüentemente, saber liderá-los. Seu estilo de liderança será decisivo no bem-estar dos funcionários. Além disso, você precisará estar pronto para resolver futuras desavenças e saber lidar com problemas trabalhistas. A organização também é uma peça chave para o avanço de sua empresa.

Sendo assim, ser um empresário não é nada fácil, mas pode ser muito recompensador. Se você tem esse desejo, não faça nada apressadamente. Calcule as despesas e pense muito bem em cada passo que der. Esteja pronto para as dificuldades que certamente surgirão. E lembre-se sempre: seja ético, responsável e organizado. Sucesso!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: