Aproveitando o trabalho sobre placas indicativas da aula de corte e costura..

Aproveitando o trabalho sobre placas indicativas da aula de corte e costura do nossso querido roberto ai vai !

Emergencial

A sinalização de segurança contra incêndio e pânico tem como objetivo reduzir o risco de ocorrência de incêndio, alertando para os riscos existentes, e garantir que sejam adotadas ações adequadas à situação de risco, que orientem as ações de combate e facilitem a localização dos equipamentos e das rotas de saída para abandono seguro da edificação em caso de incêndio, fazendo uso de símbolos, mensagens e cores. O elemento de sinalização e suas partes devem atender aos requisitos de desempenho estabelecidos, para que seja garantida sua legibilidade e integridade, quando dimensionado e instalado em conformidade com as ABNT NBR 13434-1, ABNT NBR 13434-2 e ABNT NBR 13434-3.

Os diversos tipos de sinalização de segurança contra incêndio e pânico devem ser implantados em função de características específicas de uso e dos riscos, bem como em função de necessidades básicas para a garantia da segurança contra incêndio na edificação.

A princípio, a sinalização básica deve estar presente em qualquer tipo de edificação onde são exigidas, por norma ou regulamentação, saídas de emergência de uso coletivo e instalação de equipamentos e sistemas de proteção contra incêndio.

A sinalização de segurança contra incêndio e pânico é classificada em sinalização básica e complementar.

Temporaria

A sinalização de segurança contra incêndio e pânico tem como objetivo reduzir o risco de ocorrência de incêndio, alertando para os riscos existentes, e garantir que sejam adotadas ações adequadas à situação de risco, que orientem as ações de combate e facilitem a localização dos equipamentos e das rotas de saída para abandono seguro da edificação em caso de incêndio, fazendo uso de símbolos, mensagens e cores. O elemento de sinalização e suas partes devem atender aos requisitos de desempenho estabelecidos, para que seja garantida sua legibilidade e integridade, quando dimensionado e instalado em conformidade com as ABNT NBR 13434-1, ABNT NBR 13434-2 e ABNT NBR 13434-3.

Os diversos tipos de sinalização de segurança contra incêndio e pânico devem ser implantados em função de características específicas de uso e dos riscos, bem como em função de necessidades básicas para a garantia da segurança contra incêndio na edificação.

A princípio, a sinalização básica deve estar presente em qualquer tipo de edificação onde são exigidas, por norma ou regulamentação, saídas de emergência de uso coletivo e instalação de equipamentos e sistemas de proteção contra incêndio.

A sinalização de segurança contra incêndio e pânico é classificada em sinalização básica e complementar.

Direcional

 

A sinalização direcional orienta o usuário a

localizar determinada unidade ou

subunidade. Em geral é composta pela

sigla, em caixa-alta, e pelo nome completo

do componente, em caixa-alta e caixa-

-baixa, nessa ordem, além da seta indicativa

de direção.

As placas, confeccionadas em vinil adesivo

preto com impressão digital e recorte

eletrônico, são aplicadas sobre chapa de

alumínio ofsete com 0,3mm de espessura.

A seta é posicionada, sempre, à direita da

placa. Os locais de fixação são definidos

em projeto, que determina, também, a

quantidade e o posicionamento das placas e

a direção das setas.

As setas obedecem ao padrão definido nos

detalhes técnicos seguintes.

 

Permanente

Sinais de proibição
São sinais que proíbem um comportamento susceptível de expor uma pessoa a um perigo ou de provocar um perigo.
Devem ter uma forma circular, um símbolo ou pictograma negro sobre fundo branco, uma margem e uma faixa em diagonal vermelhas, devendo a cor vermelha ocupar, pelo menos, 35% da superfície do sinal e a faixa em diagonal estar inclinada a 45º no sentido descendente, da esquerda para a direita.
Sinais de obrigação
São sinais que impõem um determinado comportamento.
Devem ter forma circular e um pictograma branco sobre fundo azul, que deve cobrir, pelo menos, 50% da superfície do sinal.

Sinais de aviso

São sinais que alertam para um determinado perigo ou risco na zona onde se encontram.
Devem ter forma triangular, um pictograma negro sobre fundo amarelo, que deve cobrir, pelo menos, 50% da superfície do sinal, e uma margem negra.

Sinais de salvamento ou de socorro

São sinais que dão indicações sobre saídas de emergência ou meios de socorros ou salvamento.

Devem ter forma rectangular ou quadrada e um pictograma branco sobre fundo verde, que deve cobrir, pelo menos, 50% da superfície do sinal.

Sinais de segurança contra incêndio
Os sinais que dão indicações sobre o material de combate a incêndios devem ter forma rectangular ou quadrada e um pictograma branco sobre fundo vermelho, que deve cobrir, pelo menos, 50% da superfície do sinal.

Planta de emergência
Sempre que exista um plano de emergência, em locais de boa visibilidade, deve ser colocada uma placa com a indicação da planta de emergência, onde constam as vias de saída de emergência, etc.

Placas adicionais

São sinais que contêm apenas informação escrita (texto) e utilizam-se junto de outros sinais para ampliar a informação.
Podem ser rectangulares com o texto em negro ou branco sobre um fundo de cor correspondente à cor de segurança que complementam.
As placas adicionais nunca poderão exceder as dimensões da placa principal

EXEMPLOS

ImageImageImageImage

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: