Making of: Cartão de Natal – Posted by Kleython Bianchi

Todo final de ano é sempre a mesma história, ficamos nos perguntando sobre o que enviar aos clientes e amigos em celebração ao Natal e Ano-Novo.

A inspiração veio do filme E.T., quando eles passam pela lua voando com a bicicleta e também pelas nuvens, que eram meio cartoon, um estilo bem semelhante à marca da Dreamworks. Então, decidi que queria descobrir como fazer aquele efeito no Photoshop sem usar imagem alguma para as nuvens.
O mais importante de toda a criação foi como desenvolvê-las. O processo é relativamente fácil, mas poucas pessoas se dão conta do quão poderoso é o sistema de pincéis do Photoshop. Para criar as nuvens, apenas eles serão utilizados.

01 Escolha o papel correto

Comecei criando um documento novo, tamanho A4, mas com resolução reduzida para enviar via email. No novo documento, apliquei um Pattern Overlay com Layer Styles (Layer > Layer Style > Pattern Overlay) na camada de fundo. Usei oLinen Weave, que pode ser encontrado dentro da biblioteca Color Paper.

 

02 Criando a base

Para a área em que a imagem seria criada, desenhei um retângulo com a ferramentaRetangle [U]. A ideia era fazer uma borda legal. Assim, apliquei um gradiente nesse retângulo, usando Layer Styles (Layer > Layer Styles > Gradient Overlay…). Para as configurações do gradiente, foram utilizados: Style = Linear, Angle = 90º, e para as cores, #12141c, #3e221a e #341f1b.

03 Pincel fofo

Eu sempre quis criar nuvens realistas e volumétricas no Photoshop, embora não soubesse como. Ao pesquisar algumas alternativas, descobri como criar nuvens com pincéis não era exatamente o que eu queria, mas serviria de base. Para realizar o procedimento, abra a paleta Brushes, com a ferramenta Brushselecionada, e use os seguintes parâmetros:» Brush Tip Shape: use Diameter = 500 px, Roundness = 100%, Hardness = 0% e Spacing = 25%. » Shape Dynamics: use Size Jitter = 100%, Minimum Diameter = 20%, Angle Jitter = 20% e Roundness Jitter = 0%. » Scattering: use Scatter com Both Axes e 120%, Count = 5 e Count Jitter = 100%. » Texture: use Clouds, da biblioteca Patterns, Scale = 400% (você pode deixar maior, se quiser nuvens mais fofinhas) e Mode = Color Burn. » Other Dynamics use Opacity Jitter = 50% e Flow Jitter = 20%. Vá ao menu de opções da paleta Brushes e escolha New Brush Preset…. Salve o pincel com o nome que preferir.

04 Pintando nas nuvens

Depois de criar o pincel, adicionei uma nova camada e comecei a pintar com ele usando branco. O interessante é que ele nunca pinta o mesmo tipo de nuvem, então tentei algumas vezes até chegar ao formato desejado. Como já tinha a área clara da nuvem, o segredo era adicionar as áreas escuras, assim daria aquele efeito de profundidade. Em uma nova camada em cima da pilha, usei o Clipping Mask (Layer > Create Clipping Mask [Ctrl/Cmd] + [Alt] + [G]) para pintar somente na mesma área onde estava a nuvem branca. Escolhi preto para a cor e fui variando a opacidade do pincel, sempre abaixo de 50%. Logo depois, comecei a adicionar mais nuvens. Sempre as maiores na frente e as menores atrás e um pouco acima, para criar a perspectiva. Dica: sempre que se aumenta ou diminui o tamanho do pincel, é necessário fazer o mesmo no parâmetro de textura.

05 Cabeça na lua

Para dar um tom legal às nuvens, adicionei uma nova camada, com outro gradiente. Usei#291907 e #dad6d2 para as cores e modo de mesclagem Overlay. Para a lua, escolhi uma foto. Alterei Blend Mode da camada da lua paraColor Dodge; dessa maneira, o que era preto desaparece e o que era claro se funde com o fundo, intensificando as áreas mais claras. Se você quiser fazer com que a lua fique ainda mais clara, basta duplicar a camada.

06 Criando efeitos de luz

Para dar mais brilho criei, abaixo da camada da lua, um novo grupo de camadas (Create a new group, no rodapé da paleta Layers) e mudei oBlend Mode para Color Dodge, de maneira que todas as camadas desse grupo fossem afetadas pelo modo de mesclagem. Dentro desse grupo, adicionei uma nova camada e, com a ferramentaBrush [B], usando um pincel-padrão com Hardness = 0% e Opacity = 20%, pintei um círculo mais ou menos do tamanho da lua e apaguei, com a Eraser [E], a área de fora da lua, que não seria iluminada.

07 O trenó do Papai Noel

Para adicionar a imagem do Papai Noel e do trenó, usei um vetor do site iStockphoto.com. Para criar as estrelas você pode usar o filtro Add Noise… e ajustar o Levels [Ctrl/Cmd] + [L]. Já escrevi inúmeros tutoriais para criar estrelas. Para mais detalhes, acesse http:// abduzeedo.com/space-lighting-eff ects-10-steps-photoshoptutorial.
Se preferir, importe alguma imagem pronta de estrelas. Após importar a imagem, apague a área que ficará em cima da lua e do Papai Noel com um pincel suave.

08 Aurora Borealis

Para criar o efeito da aurora boreal, usei o mesmo pincel criado para as nuvens, porém menor e mais espaçado. Pintei em uma nova camada dentro do grupo usando Color Dodge e depois apenas apliquei alguns filtros.
» Filter > Blur > Motion Blur Use 90º para Angle e 450 px para Distance» Filter > Distort > Spherize Use 53% para o Amount Normal para Mode;» Filter > Distort > Wave Use a imagem a seguir para referência dos parâmetros.

09 Cartão das antigas

Para criar a ideia de envelhecido, usei textura e pincéis. Primeiro, apliquei uma textura de papel em uma camada e mudei o modo para Overlay. Depois agrupei todas as camadas da imagem e renomeei o grupo como Cartão. Dupliquei o grupo e o converti para Smart Object, assim poderia testar efeitos sem perder a imagem original. Apliquei um Gaussian Blur com 20 px deRadius e alterei o modo para Screen. A imagem ficou bem borrada, mas algumas áreas não deveriam ter esse efeito; então usei uma máscara para corrigi-lo.
Você pode fazer isso pelo menu Layer > Layer Mask > Reveal All e, com um pincel preto suave, começar a pintar a máscara para esconder as áreas da imagem que não precisam ter qualquer tipo de efeito, como o céu e a parte inferior das nuvens, por exemplo. O segredo aqui é testar para saber como o efeito funciona.

10 Ajustes finais

Para finalizar, utilizei alguns pincéis para criar os desgastes nas bordas e as falhas no desenho. Basta adicionar uma camada acima de todas as outras, mas abaixo da textura de papel, e usar o pincel com a cor branca e opacidade reduzida para desgastar a imagem. Essa imagem é relativamente simples de fazer, mas o mais importante é que agora você terá um poderoso pincel para gerar nuvens realistas. Procure sempre testar e brincar bastante com a ferramenta, adaptando técnicas existentes para suas necessidades, para agilizar e facilitar o processo de criação. Afinal, o que interessa é transformar uma ideia em um projeto real.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: